Sunday, August 3

Um passado que não volta mais


Sou do tempo que: Não existia orkut. As crianças iam a parques de diversão e não tinham problemas de visão nem obesidade dados pelos videogames e computadores. Kinder Ovo custava 1 real. Os casamentos duravam mais, ou pelo menos durava alguma coisa. Biscoitos Fominhas e Mirabel existiam. Os programas da Xuxa eram divertidos. Meninas de 11 anos brincavam de boneca, e não saíam pra 'pegar geral’. Plutão era um planeta. Festas de 15 anos não eram eventos. A intenção num show era VER o show, e não brigar. As músicas tinham coreografias decentes. Tênis de luzinha era essencial. Pessoas realmente se conheciam e não apenas pela internet. Fotos eram tiradas para recordarem um momento, e não para servir de book no orkut. Diesel era combustível. Merthiolate ardia. Ônibus era um meio de transporte barato e bala era 7 Belo, e não perdida ou droga .

2 comments:

Zuz said...

Verdade '~'!
Tempo bom *-* Kinder Ovo 1$ *-*
aosapkso :P

Gee said...

Mas pensa bem: antigamente, os casamentos duravam + pq as mulheres ainda eram mto submissas, continuavam presas a homens q ñ as faziam felizes. Hj em dia as mulheres são + independentes e vão em busca de sua felicidade(pensamento feminista!). Porém, a intolerância e a falta de empenho estão fazendo dos relacionamentos descartáveis, sendo q poderiam tornar-se tão grandiosos.
A artificialidade encontrada na internet é, com certeza, algo ruim, no entando o mundo virtual nos permite ter + contato com nossos amigos, nos permite encontros com pessoas q imaginávamos nunca + encontrar!!
As coreografias tornaram-se extremamente apelativas, mas o q seria de uma festa sem funk pra dançar até o chão?? Vc q o diga!! =PP~
Sinceramente, eu sou feliz em ter a minha câmera digital, poder registrar momentos especiais e lotar o meu álbum do orkut; poder passar Merthiolate e ñ ter q assoprar depois; e poder estar no conforto do meu quarto, enqnto escuto música, converso com meus amigos e ainda tenho o mundo em um click!!
E, sinceramente, eu sinto saudade de passar na roleta sem pagar, babar comendo 7Belo e, principalmente, de viver o mundo real: olhar nos olhos, sorrir de verdade, tocar, abraçar... Estou de saco cheio desse mundo artificial q tomou conta da minha vida, ou melhor, de nossas vidas...

P.S.: Acho q Fominhas ainda existe...